Informative

We and selected third parties use cookies or similar technologies for technical purposes and, with your consent, also for other purposes as specified in the cookie policy. If you close this banner by ticking or clicking on "Decline", only technical cookies will be used. If you want to select the cookies to be installed, click on "Customize". If you prefer, you can consent to the use of all cookies, including those other than technical, by clicking on "Accept all". You can change your choice at any time.

Cavernas de Sal Etruscas Cavernas de Sal Etruscas Cavernas de Sal Etruscas Cavernas de Sal Etruscas Cavernas de Sal Etruscas Cavernas de Sal Etruscas Cavernas de Sal Etruscas Cavernas de Sal Etruscas   

Cavernas de Sal Etruscas

As Termas e os Etruscos

Uma viagem dos sentidos a través do modo de viver o ideal de beleza dos antigos etruscos, um povo que foi capaz de elevar o cuidado do corpo ao nível de um símbolo eterno.
Um percurso termal único que tem as suas origens nas curas antigas usadas pelo povo etrusco. A água, quer quente quer fria, puríssima, é enriquecida em magnésio e potássio, para fazer com que resulte dotada de determinadas peculiaridades terapêuticas e é usada em todas as suas formas. A través da osmose, graças a uma elevada concentração de potássio e de magnésio, penetra na pele, gerando os seus benefícios: fortalece o sistema imunológico, hidrata e protege a pele, especialmente as mais sensíveis, gerando um efeito cardiotónico e de drenagem sobre o corpo inteiro, melhora a qualidade do sono e tem um forte efeito anti-stress. Uma experiência que envolve o corpo e a mente. Água quente em que se mergulhar, pela qual se deixar massajar respirando os seus vapores, regenerar-se sob uma cascata fresca, passear sobre seixos revitalizantes como se fosse o leito de um rio, e finalmente... relaxar-se sobre as cadeiras de massagem com a cromo-terapia, onde libertar a mente bebendo calmamente tisanas para recuperar os sais minerais.
A água é a origem de todas as coisas. A temperatura da água influencia positivamente as trocas celulares e as reacções químicas, dentre as quais, em particular, a lise do tecido adiposo.
A força terapêutica da água Alcalino - Sódio – Magnésica é reforçada por uma alternância de banhos e vapores a diferentes temperaturas apropriadamente estabelecidas, o que produz uma forma de ginástica circulatória muito útil ao nível dos vasos sanguíneos e dos feixes musculares.
A água fria reduz as inflamações e as congestões, estreitando os vasos sanguíneos.
A água quente reduz a tensão muscular, aumenta a transpiração e dilata os vasos sanguíneos, acelerando a circulação. Alternando água quente e fria pode-se estimular ou acalmar a circulação.
A hidroterapia é eficaz nas Terapias Ortopédicas, Reumáticas e Neurológicas, assim como na Estimulação da força vital, fortalecendo o equilíbrio psicofísico e o sistema imunológico e relaxando contra o stress.
Finalmente, é eficaz para a desintoxicação do organismo e para adquirir uma pele macia, hidratada e sem estrias.
“Salus per Acquam”: a saúde através da água.
Os oligoelementos dissolvidos nela são: Sódio, Magnésio, Potássio e Iodo.
O efeito osmótico determinado pela solução salina sobre a pele permite a eliminação das toxinas dos tecidos subcutâneos, permitindo assim uma melhor oxigenação.
Além disso, a presença de cloreto de potássio provoca um ligeiro efeito diurético, promovendo, assim, a eliminação do excesso de líquidos com uma consequente diminuição do inchaço dos membros inferiores.
Os tecidos afetados por problemas de microcirculação, tal como acontece no caso da celulite, tiram benefícios consideráveis desta prática.
Outros efeitos positivos são determinados pela presença de magnésio, que promove o relaxamento muscular, enquanto o iodo estimula o metabolismo.

Os serviços oferecidos:

Labra Cum Aquis Salis ou banheira de sal, tem uma temperatura de 32° C e, graças à sua elevada concentração de sal, tem um efeito esfoliante e serve para preparar a pele para os banhos subsequentes.
Fontes Salum ou gruta de sal, tem uma temperatura de 35°, em um ambiente húmido em que é recriado o ar da manhã que respiramos à beira-mar; a água desce para baixo ao longo das paredes de pedra antes de se atomizar ligeiramente.
Etruscorum Labra ou banheira etrusca, tem uma temperatura de 34°; aqui, por efeito osmótico, começa a absorção dos sais de potássio e de magnésio através da pele. Nesta banheira pode-se desfrutar de uma massagem revitalizante plantar graças ao fundo, construído com seixos como se fosse o leito de um rio.
Etruscorum Cava ou gruta etrusca, é um ambiente quente e húmido a 55° com névoas salinas.
Frigidae Aquae Cadentes ou cascata fria, serve para estimular a circulação linfática e sanguínea, resultando em um efeito de vasoconstrição.
Aquarum Calidarum Labra ou banheira termal, tem uma temperatura de 38° na qual a concentração de sais de potássio e de magnésio é maior.
Aquarum Calentium ou gruta termal, é um ambiente quente e húmido a 45°.
Otiorum Sedes ou sala de relaxamento. Durante o percurso, é aconselhável conceder-se momentos de relaxamento. Por isso está disponível uma sala para descansar sobre chaises longues graças também à luz suave e de cor, ou sorvendo uma tisana perfumada para recuperar os líquidos.

A entrada em número limitado é permitida apenas para hóspedes com mais de 15 anos.